Especial Mimesis – Decoração & Bioconstrução

Criada em 2009 em Barcelona (Espanha), Mimesis Project é, na suas próprias palavras, “uma associação de arte psicodélica focada em desenho e música”.  Depois de alguns anos explorando decorar pequenas raves e eventos sem fins lucrativos, o coletivo decidiu em 2013, apostar e concentrar a suas energias no desenvolvimento do projeto, de forma que a sua evolução resultasse sustentável. Hoje, o que começou como uma brincadeira há 9 anos atras, se converteu em um dos grandes nomes quando o papo é sobre decoração psicodélica de alto nível. A expansão trouxe a inexorável multiplicação das rotas de viagem e com isso, o Brasil finalmente teve a sorte de entrar nelas.

Esperando que essa seja a primeira de muitas vezes, a equipe de Trance.com.br falou com o coletivo, numa edição especial da nossa coluna sobre Decoração & Bioconstrução.

 width=Raumklang 2017, Suíça | Ph: Mysticalpics

É a sua primeira vez no Brasil, certo?

Sim, sim! Depois de alguns anos durante os quais as propostas não se materializaram, finalmente o Kundalini Festival confiou na gente para nos libertar aqui.

 width=Kundalini Festival 2018, Brasil | Ph: Mimesis

Como o cena brasileira é percebida no resto do mundo?

O movimento Trance brasileiro é percebido como uma cena enorme e massiva, com mais chegada aos meios de comunicação e ao público em geral do que em outros países. Isso parece implicar que a cena tenha o melhor e o pior do undergound e também do comercial.

 width= width=Connection Festival 2015, Espanha| Ph: José Luis Márquez

E como vocês se sentem à respeito da direção do crescimento do movimento Trance na Europa?

Vivemos isso com otimismo. É inegável que está se expandindo e há mais e mais festivais e público interessado. Como tudo na vida, tem seu lado bom e seu lado ruim. Como decoradores, o crescimento da cena nos abre muitas portas e nos dá a oportunidade de trabalhar em muitos países,  tipos de festas e organizações, que é, sem dúvida, a chave para continuar a capturar novas influências e inspirações e nos forçar a enfrentar desafios para melhorarmos. Porém, entendemos que a principal desvantagem é a proliferação de organizações com estilos mais “comerciais” e com isso, o perigo iminente de que a filosofia desta cultura alternativa seja diluída em grandes produções, com um público mais “casual” e massivo.

Mas respeitando o equilibrio disso, consideramos que a psicodelia e a mudança de consciência que promove a cena tem hoje a oportunidade de alcançar mais pessoas do que nunca, e isso é algo que nos deixa muito felizes! 🙂 

 width= width= Connection Festival 2017, Espanha

História… 

Como chegaram a trabalhar com montagem de cenografia e decoração? Foi vontade ou necessidade?

Começamos simplesmente fazendo eventos familiares, nos quais fizemos nossa própria decoração, colocamos o som e tocávamos, todos aprendendo enquanto faziamos e sem qualquer aspiração além do prazer. A idéia de começar a decorar e atuar para outros grupos e organizações surgiu espontaneamente quando alguns amigos nos convidaram para seus eventos abertos ao público, o que nos deu motivação para tentar inovar e surpreender pouco a pouco. 

Em relação à “vontade ou necessidade”, sem dúvida; de onde procedemos, nunca pode ser uma necessidade, uma vez que é praticamente impossível viver só disso. Na verdade, nosso projeto sempre foi e é uma associação sem fins lucrativos. Apesar disso, com a crescente demanda e compromisso de mais e mais organizações e o público que confia na gente, cada vez mais precisamos de mais tempo e dedicação para continuar crescendo e cumprindo as expectativas. Daí surgiu a urgência de a Mimesis cubra nossas necessidades básicas para que possamos dedicar 100% ao projeto.

 width= width=Mama Mandawa 2014. Suntrip Records, Aniversário 10 anos, Espanha | Ph: Javier Descalzo

Qual foi seu primeiro trabalho na cena?

Nossa primeira decoração em um festival foi no Chill Stage do Connection Festival 2012 e nosso primeiro mainstage em Connection 2013. Nossa primeira decoração fora da Espanha foi no Peru, em 2014. Foram todas experiências inspiradoras, com seus momentos duros e de estresse também, mas isso, nos fez sentir que queríamos aprofundar essa arte e cultura.

 width= width=Connection Festival 2016, Espanha | Ph: José Luis Márquez

Algum evento foi mais marcante? 

Em geral, consideramos que todos eles nos marcaram muito e serviram para aprender a crescer pouco a pouco e de forma sustentável. Claro, há datas que lembramos como chave para a nossa motivação e evolução, como nossas primeiras decorações em festivais fora da Espanha, mas também foram experiências muito importantes e que nos marcaram muito nossas pequenas decorações em raves familiares, em alguns clubes. … Começamos a decorar gratuitamente, e depois por € 20, € 50 … nós não dizemos “Não” a nada. O fato de ter que decorar muitas festas com tão pouco orçamento nos obrigou a reciclar e pensar em soluções criativas para fazer diferentes composições reutilizando elementos. Graças a isso, desenvolvemos o nosso conceito modular que hoje ainda está presente e nos define, bem como o nosso desejo de decorar tudo o que podemos e viajar 🙂

 width=Team Mimesis na sua primeira viagem para o Brasil.

Falando sobre arte…

Tem alguma fonte de inspiração específica?

O conceito de Mimesis refere-se à imitação da natureza, normalmente essa é a nossa principal inspiração, embora é claro que somos catalães, crescemos com a estreita influência das obras de Gaudí, Dalí … que, sem dúvida, nos inspirou muito a sua visão natureza fractal e surreal, respectivamente.  No campo das decorações, a Artescape e a EDSA, sem dúvida, despertaram o nosso interesse pelas montagens grandes e complexas. Na arte visionária muitos artistas, como Alex Gray, Fabián Jiménez, etc. Sem dúvida eles nos estimularam e nos inspiraram.

 width= width=One Love Festival 2016, Suíça | Ph: Mysticalpics

Predomina alguma técnica em particular? Quais são os principais materiais usados nas suas criações?

Combinamos muitas técnicas, da mais “padrão”, como string art, strech, etc. até a que consideramos que nos define mais: a escultura. Nesta última, encontramos um meio de expressão que representa o que buscamos, com a imperfeição do fato de esculpir à mão combinada com a fractalidade que permite fazer várias cópias, dando um aspecto muito orgânico e com uma profundidade que também parece boa durante o dia e à noite.

Usamos muitos materiais; fio, madeira, lycra, espuma, poliestireno, fibra de vidro … e não paramos de experimentar novos materiais que vamos introduzindo conforme  o resultado nos satisfaça 🙂

 width= width=Raumklang 2017,  Suíça

 Sobre o processo criativo…

Como começa um novo trabalho? 

Normalmente, os festivais nos contactam e pedimos informações básicas sobre tamanho, infra-estrutura e temática para nos adaptar, e a partir daí pedimos a liberdade para desenvolver o design. Provavelmente, o que nos torna mais felizes é que até agora sempre tivemos a confiança dos organizadores para podermos trabalhar livremente e fazer o que queremos, simplesmente fluindo!.

 width=Shankra Festival 2015,  Suíça | Ph: Mysticalpics width=Raumklang  2017, Suíça | Ph: Mysticalpics

Quanto tempo mais ou menos é necessário para chegar no resultado final?

Para dar uma referência “padrão”… uma boa decoração, desde o início da idéia até que ela esteja pronta para ser transportada e montada, geralmente requer 3-4 meses de trabalho de várias pessoas e muitas horas por dia. Depois, a montagem in situ, geralmente requer aproximadamente 5-6 dias, no caso das maiores cenografias.

Geralmente adaptamos o tamanho do equipamento e o ritmo de trabalho às demandas do calendário, de forma que criamos decorações bastante grandes em apenas algumas semanas, e montamos decorações em um único dia. Na verdade estamos muito orgulhosos da grande equipe humana que temos, com a capacidade de gerenciar as energias muito bem!

 width= width=Psy Fi Festival 2017, Holanda

Percepção…

Você acham que o trabalho de bioconstrução e decoração é justamente valorizado dentro do movimento?

Em geral, sim, sem dúvida. É verdade que, em qualquer outra cena comercial, o nosso trabalho seria muito mais remunerado, mas também é verdade que a importância, o respeito e a apreciação dos organizadores e do público em relação à decoração / bioconstrução na cena Psytrance são muito grandes, e isso é  um dos grandes elementos diferenciadores que o faz esse trabalho único. É por isso que nossa intenção sempre foi e ainda é trabalhar exclusivamente dentro desta cena, já que é o que dá sentido e propósito ao que fazemos.

 width=Taurus Connection 2017, Itália | Ph: Elisa Alloa Casale width=Raumklang Christmas Special 2017, Suíça | Ph: Mimesis

O que esperam para o futuro da cena?

Não muito além de aproveitar o presentecontinuar vivendo este sonho por um longo tempo. É uma cena forte na qual as pessoas participam durante toda a sua vida, com amigos e familiares, mães e filhos, por isso confiamos que elas continuarão por gerações <3

 width=Las Dalias, de Ibiza, Espanha para Mind Seeds| Ph: Wildganja width=When Magic Happens II 2014, Portugal |  Ph: Adolfo Usier

Como grandes admiradores do seu trabalho…devemos perguntar se é possível adquirir a sua arte para quem não forma parte da produção de um evento?

Até hoje não é. Nossa arte baseia-se na montagem de cenografias eventuais, e após o evento, a desmontamos e guardamos para reutilizar, transformar e criar novas composições.

 width=4th Trip To Mimesia 2015, Espanha |  Ph: José Luiz Márquez
 width=S.U.N Festival 2016, Hungria | Ph: José Luiz Márquez

Por fim, entendemos que vocês estão conectados com o Trance desde outros lugares…

Sim. Nosso projeto nasceu da nossa paixão pelo Psychedelic Trance, então inevitativamente sentimos que tinhamos que espalhá-lo o máximo possível!.  Nossos sets Live e DJ são uma boa representação da música que mais amamos…desde o Goa até o Chill, o Downtempo … sempre focando o lado melódico. 

Cels Mimesis


 César Mimesis


Bahr Mimesis

Muito obrigado, esperamos ver vocês pela América mais vezes.

Obrigado vocês team Trance.com.br, por seu interesse e carinho. Sim. Queremos aproveitar esta oportunidade para agradecer também à cena brasileira em geral, que nos recebeu com os braços abertos e encheram as nossas páginas Facebook e Instagram com mensagens de apoio e interesse ?. Estamos realmente sobrecarregados de sentimentos  esperamos e que esta será apenas a primeira de muitas visitas. Muita coisa boa ainda está por vir ?

Um abraço!

 width= width=Raumklang 2017, Suíça | Ph: Mysticalpics

*

Para saber mais sobre cenografia psicodélica,
confira outras matérias da nossa coluna
Decoração & Bioconstrução Nacional:

Surya EcoArt
 width=

Nhanderu Artes width=

Espaço Libeulla
 width=

keyboard_arrow_up